Moto Dica Pilotagem, motocicletas e afins

16set/110

Entrevista com Eyal Melnick – O criador da moto conversível Shavit

Posted by Rafael Sahb

Eyal Melnick nos concedeu uma pequena entrevista por e-mail, quando entramos em contato para pedir detalhes e imagens do projeto da moto conceito Shavit. Bem disposto e muito apaixonado pelo mundo em 2 rodas, Eyal é mais um caso que mostra que a paixão pelas motocicletas é universal. As perguntas e respostas foram em inglês, mas estão traduzidas a seguir.

Eyal Melnick e o modelo ergonômico da Shavit

Moto Dica - Qual sua relação com motocicletas?
Eyal Melnick - Eu tenho andado de moto desde os meus 16 anos, ou seja, tem quase 12 anos. Sempre tive uma motocicleta e sempre gostei delas. Mesmo antes de tirar minha habilitação na adolescência, meu quarto era coberto de pôsteres de motos.

MD - Você usa a moto para seus deslocamentos diários?
EM - Sim. Eu tenho uma GSX-R1000 K4 2004 modificada e eu a uso para a maioria dos meus deslocamentos diários, e quando eu tenho algum tempo extra nos finais de semana eu saio para procurar estradas cheias de curvas. Em Israel não temos pistas oficiais para corridas, não para super esportivas, então os motociclistas costumam ir em estradas tortuosas de manhã bem cedo para se divertir.

MD - Qual é seu estilo (ou estilos) favorito de moto?
EM - Eu adoro o visual das Café Racers antigas, mas para ser honesto, do ponto de vista de pilotagem, eu amo as super esportivas.

MD - Quantas empresas manifestaram interesse no seu projeto?
EM - O conceito foi apresentado há 2 meses como meu projeto de conclusão de curso, por agora apenas revistas e blogs de design ou sobre automobilismo me contataram.

MD - Em termos técnicos, o conceito da moto está perto de se tornar realidade?
EM - O conceito está muito próximo da realidade. Tudo foi projetado num software de CAD e a montagem de todas as peças foi testada e funciona. Talvez necessite de ajustes do ponto de vista da engenharia, mas com certeza o conceito é viável. O projeto foi reduzido e recriado num modelo escala 1:4 e foi feito um modelo ergonômico em tamanho natural.

MD - A suspensão dianteira parece ter um design bem peculiar, o que você pode falar sobre suas características?
EM - A suspensão da frente é baseada na suspensão Hossack, e suspensões similares podem ser vistas em motos como as super esportivas Britten. Eu projetei assim para evitar os garfos normais, por causa da mudança de geometria que ocorre no guidão na transição de posição.

Shavit

MD - Quanto tempo foi empregado no projeto?
EM - Ele foi meu projeto de graduação na Faculdade Shenkar de Design e Engenharia de Tel-Aviv, em Israel. Durou um ano inteiro, terminando em uma apresentação e exibição do projeto e do processo.

MD - Por que Shavit?
EM - Shavit é em homenagem a Tal Shavit, meio que um herói da minha infância. É o pai espiritual de todos os motociclistas de Israel, e fundador da primeira revista sobre motos do país. Ele morreu em um acidente de moto alguns meses antes de eu apresentar o projeto, e quis homenageá-lo, como uma forma de agradecimento por ter feito eu ingressar no mundo das motos ainda criança, fazendo-me sonhar, andar e imaginar motocicletas.

MD - Aqui no Brasil, temos altos índices de acidentes de motos. Quais são seus pensamentos sobre melhorar a segurança dos motociclistas no trânsito?
EM - Aqui em Israel é o mesmo problema. Nós sempre temos que pensar que estamos sempre 'errados' em todos os acidentes. Tudo nossa culpa. Claro, sabemos que não é verdade, mas temos que nos pensar assim. Pelo menos nas vias públicas. Andem com cuidado, estejam atentos. Estejam sempre preparados. Se reconheça na posição mais fraca na selva do trânsito. Relaxe apenas nas pistas, estradas vazias ou isoladas. Tudo está na nossa cabeça. Além disso, todo motociclista deve saber como lidar com sua moto o máximo possível. Essa conexão com a moto deve ser resultado de aprendizado correto e preparação. E a melhor dica é: fique focado e apaixonado pela sua moto.

5set/110

Deputado quer lei para que capacetes tenham imposto zero

Posted by Rafael Sahb

A intenção do projeto é possibilitar o acesso de itens de segurança para mais motociclistas

O Deputado Federal Jesus Rodrigues (PT do Piauí) apresentou no último dia 1º um projeto de lei para eliminar os impostos federais sobre itens de segurança para motociclistas previstos no Código de Trânsito Brasileiro, mais precisamente capacete e vestuário de segurança.

No texto da justificativa do projeto de lei, o Deputado fala do 'grave problema de saúde pública que atinge todas as regiões do nosso país'. É citado que em 2010 o Sistema Único de Saúde (SUS) arcou com um custo de 187 milhões de reais com as internações dos 145.920 acidentados com motos no país.

O Deputado é do Piauí, estado que conta com uma proporção alta de motocicletas em sua frota total (54,6% composta por motos). Com o consequente barateamento de capacetes e vestuário de segurança, espera-se que isso estimule motociclistas que não usam equipamentos de segurança. Em várias cidades do interior do país é comum até que não se use capacetes.

Para ler o inteiro teor do projeto de lei, pode-se acessá-lo pelo site da Câmara Federal, clicando aqui.

   

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.